sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Como usar o SAC - dicas importantes e úteis

Desde dezembro de 2008, consumidores de todo o país têm reforçada a possibilidade de defesa nas relações com empresas prestadoras de serviços públicos regulados pelo Governo Federal, como, por exemplo, bancos e instituições financeiras; planos de saúde; empresas de telefonia fixa e móvel, de TV por assinatura; internet; companhias aéreas; entre outras.

Segue um passo a passo de uso do SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) a partir de suas novas regras. Com papel e caneta às mãos (e muita paciência), o consumidor deve:

- Anotar o horário em que efetuará a ligação;

-Ouvir atentamente o menu eletrônico, observando se constam pelo menos opções de: falar diretamente com atendente; reclamação; cancelamento do serviço (essas três opções são exigência normativa e devem ser disponibilizadas no primeiro menu. Caso contrário, anote a ausência de um ou mais itens);

- Tecle a opção para falar com atendente e anote o horário em que está teclando;

- Anote o horário do atendimento (o tempo máximo de espera é 1 minuto);

- Anote o nome do atendente e o protocolo (caso a ligação seja transferida para outro atendente, anote quanto tempo isso demora e o nome do(s) novo(s) atendente(s). É seu direito que haja uma única transferência e que não haja a repetição de informações e dados já prestados na ligação – caso a empresa faça diferente, anote);

- Ao final, solicite cópia da gravação da ligação. É seu direito tê-la e se a empresa se recusar ou dificultar o envio (por exemplo, dizendo que somente envia se o consumidor pedir pessoalmente ou com ordem judicial), denuncie no PROCON e no site: http://sindecnacional.mj.gov.br/sacdenuncia/apresentacao.seam

A entrega deve acontecer em até dez dias. Se não conseguir vencer sua dificuldade com isso, leve suas anotações ao PROCON e consulte um advogado.

Obs: Esse artigo foi publicado no Livro "Lições Práticas para o Consumidor".

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Palestra "Consumo e Cidadania" na Faculdade Arthur Thomas

A III Semana Acadêmica da Administração da Faculdade Arthur Thomas, com o Tema central Responsabilidade Socioambiental Coorporativa, contou com a palestra "Consumo e Cidadania", na qual foi abordada a situação do consumo.


Para o palestrante Flávio Caetano, ainda há grande parde de consumidores que praticam o "consumo alienado" em contraposto ao "consumo consciente", que - tal qual a utopia - pode ser utilizado de norte para consumidores interessados em exercer cidadania.

Flávio Caetano chamou os participantes do encontro à reflexão sobre o papel das empresas nesse processo e pontuou que é possível às empresas o lucro com foco também no cliente, nas pessoas.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012