quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Recall de veículos Peugeot, Citroën, Jaguar


A PSA Peugeot Citroën do Brasil Automóveis Ltda convocou, em 21 de  setembro, os proprietários dos veículos marca Peugeot, modelos 206 e 207, equipados com caixa de câmbio automático e chassis identificados abaixo, a contatarem a rede de concessionárias da marca para atualização do software de controle da injeção eletrônica de combustível.



Modelo
Ano    
Chassi inicial(*)
Chassi final(*)
206   
2007
9362AN6A37B007941

9362EN6A37B008012
9362AN6A37B027439 9362EN6A37B027305
206 
2008
9362AN6A38B000026

9362EN6A38B000022
9362AN6A38B077309

9362EN6A38B081551
207
2009
9362MN6AY9B000842

9362NN6AY9B003431

9362PN6AY9B003593
9362MN6AY9B047276

9362NN6AY9B047415

9362PN6AY9B047280

       
(*) Entre os intervalos dos chassis acima, há veículos que não estão inclusos neste recall; pra confirmação, contate a Central de Atendimento Especializado Peugeot.


No comunicado, a empresa constatou a possibilidade de um endurecimento do pedal de freio após o acionamento da partida do veículo com o motor totalmente a frio, durante os quinze (15) primeiros segundos. Este procedimento envolve segurança, pois em caso de endurecimento do pedal de freio o veículo pode sofrer  a redução de eficiência na frenagem, com risco de acidente.


A PSA Peugeot disponibiliza a rede de concessionárias da marca, o telefone 0800 703 2424 e o sitewww.peugeot.com.br para mais informações.



A PSA Peugeot Citroën do Brasil Automóveis Ltda. convocou, em 21 de setembro, os proprietários dos carros modelos abaixo especificados, equipados com caixa de câmbio automático a comparecerem a um dos serviços credenciados da marca para atualização do software de controle da injeção eletrônica de combustível.






Modelo
Ano    
Chassi inicial(*)
Chassi final(*)
C3 1.6 Flex aut.
2008
8B544878
8B547417
C3 1.6 Flex aut.
2009
9B500014
9B524251

   (*) Entre os intervalos acima, há veículos que não estão inclusos neste recall. Para confirmação é necessário contatar o Serviço de Atendimento ao Cliente da Citroën.
                   
No comunicado, a empresa informa que constatou a possibilidade de um endurecimento do pedal de freio após o acionamento da partida do veículo com o motor totalmente a frio, durante os quinze (15) primeiros segundos.  Esse procedimento envolve segurança, pois em caso de endurecimento do pedal de freio, o veículo pode sofrer a redução de eficiência na frenagem e com isso causar acidentes.



Para mais informações a Citroën disponibiliza o telefone 0800 011 8088 e o site www.citroen.com.br.


A Jaguar e Land Rover Brasil Importação e Comércio de Veículo Ltda, distribuidor autorizado  da marca  Jaguar  no Brasil, convocou, em 21 setembro, os proprietários dos veículos Jaguar XJ  ano/modelo 2003 e 2004 , chassis identificados abaixo, a contatarem o distribuidor  para verificação e possível substituição dos tubos de freios inferiores traseiros.





Chassis




SAJAA72J24SG25742
SAJAA72J54SG25699
SAJAA72J74SG20617
SAJAA72J84SG01753
SAJAA73V64TG08339
SAJAA74V54TG12753
                                                                                                                                                       
No comunicado, a empresa informa que poderá haver um atrito entre os dois tubos de freios inferiores traseiros e um dos absorvedores de vibrações, instalado na bandeja protetora do assoalho. No caso de ocorrência de atrito, a região dos tubos afetada poderá sofrer contaminação, fazendo com que a resistência à corrosão dos tubos diminua com a utilização do veículo, diminuindo, assim a resistência mecânica dos mesmos. Consequentemente poderá ocorrer perda da integridade física dos tubos, podendo ocorrer vazamentos de fluido de freio de um ou de ambos os tubos, levando a um aumento no curso do pedal de freio e perda da eficiência de frenagem, simultaneamente com o acendimento no painel de instrumentos da luz de advertência , que informa “nível de fluido de freio baixo”. Existindo com isso a possibilidade de ocorrer acidentes.



Os tubos de freio serão inspecionados quanto à integridade física e à corrosão; o absorvedor de vibração será retirado sem qualquer detrimento ao veículo. Caso encontrem vestígios de corrosão,  os tubos de freios e suas conexões serão substituídas por peças novas.


O Distribuidor Autorizado Jaguar disponibiliza o telefone 0800 729 1420 para agendamento e mais informações.



Atenção: o recall envolve os modelos adquiridos da concessionária ou de pessoa física. Se o consumidor tiver qualquer dificuldade para efetuar o reparo/substituição, deve procurar um órgão de defesa do consumidor.


O Procon-SP orienta os consumidores sobre seus direitos e acompanha atentamente convocações desse tipo, como procedimento incorporado à sua dinâmica de trabalho. A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

O que diz a lei


O Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 10, estabelece que: “O fornecedor não poderá colocar no mercado de consumo produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança.


§ 1º O fornecedor de produtos e serviços que, posteriormente à sua introdução no mercado de consumo, tiver conhecimento da periculosidade que apresentem, deverá comunicar o fato imediatamente às autoridades competentes e aos consumidores, mediante anúncios publicitários".


Outra questão importante, que deve ser observada pelos consumidores, refere-se à exigência do comprovante de que o serviço foi efetuado, documento que para sua segurança deverá ser conservado e repassado adiante, em caso de venda. Caso tenha sido comercializado mais de uma vez, o atual proprietário terá o mesmo direito ao reparo gratuito.


Os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos. 


Caso o consumidor encontre dificuldade em efetuar os devidos reparos (falta de peças, demora na conclusão dos serviços, etc.) poderá procurar ajuda - ou efetuar reclamação - da Fundação Procon-SP, que atende pessoalmente nos postos do Poupatempo (Sé - Pça. do Carmo, s/n; Santo Amaro - R. Amador Bueno, 176/258; ou Itaquera - ao lado do Metrô Itaquera), por carta (Caixa postal 3050 - CEP 01061-970 - SP-SP), por fax (0xx11. 3824-0717). O telefone 151 funciona para esclarecimentos de dúvidas e para informar se o fornecedor possui reclamação no Procon-SP. Para consultar o cadastro de fornecedores com reclamações no órgão também é possível consultar o site www.procon.sp.gov.br

Fonte: PROCON-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grato pela contribuição. Flávio